Categorias
Devocional

Oração | Parte1

(por Alex Gomes da Silva)

Leia Mateus 6:6 (de preferência, todo o Sermão do Monte).

Certa vez, em uma vigília, refletimos sobre o tema “A oração que agrada a DEUS”. Uma propaganda de um canal jornalístico dizia que não são as respostas que movem o mundo, mas as perguntas. A cultura judaica parte do mesmo princípio, tanto que JESUS iniciava as respostas DELE com outras perguntas. Isso porque as perguntas nos levam à reflexão (mesmo quando pensamos que já sabemos de tudo sobre um determinado assunto).

– Para exercer a oração que agrada a DEUS, eu tenho noção do que não agrada a ELE?
– Faço de DEUS um balcão de solicitações?
– Eu estou no extremo da insensibilidade e faço mecanicamente?
– Ou estou no extremo da alta carga emocional (sem equilíbrio, como numa discussão)?
– Estou parando para ouvir a DEUS, ou só eu falo na oração?
– Eu realmente creio que posso ouvir a DEUS, ou que ELE me ouve?
– Há um relacionamento de intimidade, ou só DEUS se dedica e eu não?
– Há empatia em minha oração?
Empatia é se importar com o outro, com o que pensa e sente. É refletir, se perguntando porque estão dizendo o que estão dizendo. Pensar no que está se passando na cabeça do outro, não na sua. Isso nos faz evitar o julgamento e nos leva na direção da compreensão e compaixão (Marcos 1:41).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.